De manhã ouves!

Postado em Deixe um comentárioPostado em reflexões

“De manhã ouves, Senhor, o meu clamor; de manhã te apresento a minha oração e aguardo com esperança.” Salmos 5:3 O descortinar de um novo dia projeta-nos ao mais sublime espetáculo de um roteiro inusitado dado pelo Criador! O amanhã sabemos que ao acordarmos, ele já está presente, mas desconhecemos o […]

E será possível?

Postado em 1 ComentárioPostado em reflexões

“e chama à existência coisas que não existem, como se existissem.” Romanos 4:17 Exatamente o que pode ser e o que pode acontecer. Para os racionalistas essa “possibilidade” esta relacionada a razão, o pensamento e a ponderação podem somente ser a âncora para viver outras atmosferas, nada além disso! Quais são […]

Shake na mente!

Postado em 1 ComentárioPostado em reflexões

“QUERO TRAZER A MEMÓRIA O QUE ME DÁ ESPERANÇA” Lam 3:21 Nos deparamos em nossa jornada com momentos oscilantes! Hora estamos em alguns momentos bem equilibrados em nossas emoções, e em outros momentos, perseverantemente procurando adequarmos nossa alma aos princípios bíblicos já revelados em nosso coração. Com o Profeta Jeremias não foi diferente! A pressão esmagadora de Babilônia estava […]

Minha porção de cada dia…

Postado em 3 ComentárioPostado em reflexões

“O pão nosso de cada dia nos dá hoje” Mateus 6:11 Quando estamos a percorrer inúmeros trajetos, becos e passagens sinistras que interpolam os nossos caminhos encontramos porções que nos surpreendem. Que são absorvidas intensamente e meticulosamente ingeridas pausadamente no degustar da sublime provisão. De onde vem? notoriamente há uma fonte, um […]

A História dos cegos e o Elefante

Postado em Deixe um comentárioPostado em reflexões

“Tão-somente vivamos de acordo com o que já alcançamos.” Filipenses 3:16 Há uma parábola (dita indiana) muito difundida em publicações variadas em diversos sites na Internet. Ela descreve um recorrente fenômeno de interpretação apresentada em diversas versões. Basicamente se reporta a seis cegos que, nunca tendo conhecido um elefante, aproximaram-se […]